Resumo BRACIS 2017 (Brazilian Conference on Intelligent Systems)

Se você acompanhou os posts na minha página do Facebook ou me acompanha pela lista de e-mails, viu que eu estava em Uberlândia/MG participando do BRACIS (Brazilian Conference on Intelligent Systems), que acontece junto com o ENIAC (Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional) e o STIL (Brazilian Symposium in Information and Human Language Technology). Este é praticamente o único evento de maior porte no Brasil sobre Inteligência Artificial e neste artigo vou resumir alguns tópicos do evento, principalmente os relacionados a mercado de trabalho. Abaixo você pode ler os tópicos:

  • Mais de 500 milhões estão sendo investidos pela IBM em projetos de IA (no Brasil também), inclusive já foi feita uma parceria com a FAPESC
  • O Itaú tem uma demanda grande por profissionais de IA, eles até possuem vários cursos on-line gratuitos para capacitar esse tipo de profissional
  • A Nvidia recentemente postou no Linkedin 26 vagas de emprego para profissionais de machine learning, e destas, mais de 10 foram preenchidas por argentinos(as) e algumas outras por colombianos(as). Ele comentou que pouquíssimos brasileiros se cadastram para essas vagas – fique atento(a) ao perfil deles nessa rede social!
    A Nvidia também procura por profissionais com experiência em redes neurais (deep learning) e programação para GPU
  • A IBM dá prioridade para profissionais que possuem mestrado e/ou doutorado, que já estejam envolvidos com pesquisa/publicação (o grupo deles publica vários artigos)
  • O professor Dr. André de Carvalho da USP falou que há estimativas de que em 2018/2019 haverá uma falta de aproximadamente 140 mil profissionais de ciência de dados/machine learning nos Estados Unidos
  • As principais linguagens de programação para IA atualmente são Python e R (as vezes usadas em conjunto), o que indica que vale a pena estudar ambas!
  • Uma palestra interessante foi a do professor Albert Bifet da França que comentou sobre a oportunidade que está para chegar combinando machine learning e internet das coisas, visto que esse tipo de aplicação gera muitos dados de forma contínua. Essa é uma boa área que muita gente ainda vai ganhar muito dinheiro!

A conclusão sobre esses tópicos é que uma grande oportunidade já está surgindo nessa área de IA pra quem se especializar, pois pelo que consegui entender dessas três empresas (IBM, Itaú e Nvidia), a demanda é muito alta e a tendência é que aumente cada vez mais! A dica que eu dou: agora é a melhor hora para estudar IA!! Abaixo você pode ver o folder do Itaú e mais detalhes de como concorrer a uma vaga!

E abaixo faço um resumo sobre algumas tecnologias/ferramentas

  • Assisti uma palestra do André Carvalho da USP que falou sobre “aprendizagem de máquina automática”, que basicamente consiste em algoritmos inteligentes que dado uma base de dados nova, o objetivo é que eles identifiquem qual será o melhor algoritmo e os parâmetros desses algoritmos! Em resumo, ao invés de ficar testando várias combinações de algoritmos/parâmetros pra saber qual teve o melhor resultado, você terá um algoritmo que pegará sua base de dados e descobrirá isso pra você! É uma aprendizagem de máquina que é aplicada em aprendizagem de máquina! Veja mais detalhes aqui Clique aqui pra ver mais detalhes! Essa é uma área que está começando a ficar “quente” no exterior!
  • Também vi uma palestra com o Albert Bifet da França, que falou sobre mineração de data streams utilizando a ferramenta MOA (Massive Online Analysis), que é desenvolvida também na Universidade de Waikato da Nova Zelândia, a mesma que criou o Weka. Em resumo, essa é uma área que está ganhando bastante atenção dos pesquisadores e consiste em uma mineração de dados em tempo real, ou seja, a medida que os dados vão surgindo os algoritmos são aplicados nesses dados de forma contínua. Um bom exemplo é a utilização de data streams aplicado em Internet das Coisas!
  • Existe um projeto chamado Data Science for Social Good, que tem o objetivo de desenvolver projetos de IA voltados para a sociedade. Veja aqui!
  • Tivemos uma palestra com o professor David Corne do Reino Unido que falou sobre algoritmos inteligentes para otimização de transporte de fretes, com o objetivo de reduzir a emissão de poluentes. Veja aqui!

Espero que essas informações lhe ajudem e sejam úteis pra você que está iniciando ou já trabalha na área de IA! 🙂

2 Comentários

  1. Djalma Passos said:

    Otimo artigo, obrigado por compartilhar essas informações.

    15 de novembro de 2017
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *